sábado, 28 de maio de 2011

Falta Cumprir-se Portugal!

Como sempre vos disse, sou um amante de música, com um gosto um pouco particular no entanto, aberto a vários géneros musicais.

Nos dias que correm, a venda de álbuns está em franca crise e a inovação é necessária para combater os downloads ilegais que dificultam em parte o trabalho de alguns artistas ligados à música. Vários problemas surgem com a diminuição das vendas de cds, desde logo as editoras ficam sem grande parte dos seus lucros, depois algumas bandas que trabalham apenas pela parte financeira, e não pelo amor à arte, não conseguem receber o dinheiro que tanto procuram. No entanto, existem bandas que se opõem a todo este processo, bandas essas que até apoiam os downloads porque é uma forma fantástica de disseminação da música, até porque com a maior divulgação dos seus reportórios, o número de concertos tende a aumentar. Tal como já devem ter percebido, eu sou da opinião que os downloads “ilegais”, no que toca à música, são um bom princípio por duas razões, o preço actualmente exigido pelas editoras por um cd é uma exorbitância e Música é cultura, é arte, apenas estamos a cultivar o nosso povo.

Um destes dias recebi em minha casa um belo exemplo de que quem consegue ser inovador e ter qualidade é recompensado, refiro-me ao mais recente álbum dos Radiohead. Este disco de que vos falo para além da parte física, foi anteriormente disponibilizado para download legal por uma quantia mais reduzida do que a praticada pelas editoras “normais”. Outro bom exemplo é o de David Santos, um novo músico português, que no seu projecto Noiserv, consegue fazer uma ligação entre o som e a imagem que são dignos de referência, neste caso, com o álbum segue-se um conjunto de imagens num livro acompanhado por um lápis, com o intuito do ouvinte desenhar nas páginas restantes.

Na minha opinião o nosso país precisa disto, precisa de pessoas que nas situações adversas consigam ser inovadoras e em vez de se queixarem da situação difícil ou dos problemas da evolução da sociedade. “Falta cumprir-se Portugal!”

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Resultados sondagem

No rescaldo de mais um sufrágio no bazar chinês, saiu vencedor Passos Coelho com uma grande vitória, conseguindo assim a maioria absoluta na assembleia do bazar, depois seguiu-se José Sócrates e Paulo Portas com igual número de votantes.

É verdade que esta sondagem não tem em conta uma grande amostra de estudo, tornando desta forma uma eleição pouco rigorosa à escala global, até porque têm chegado aos media outro tipo de números, que destoam um pouco com estes valores. Uma coisa que é de realçar desta votação é que, tal como no próximo dia 5 de Junho e também nas anteriores eleições, a abstinência tem tido valores enormes, o que só demonstra uma enorme descrença na actual classe política, o que na minha opinião não está correcto porque em democracia, a forma de mudar o poder vigente é com o nosso voto.

Depois de ver as sondagens que nos chegam, se estas forem fidedignas, posso afirmar uma coisa, a incoerência do nosso povo está a tomar dimensões nunca antes vistas. Posso dizer-vos isto de uma forma muito simples, depois de todos estes anos com este governo, encabeçado com o mesmo senhor, depois de todas as manifestações que foram feitas por todo o país, depois das greves da função publica, manifestação dos professores, a mais recente manifestação da geração à rasca, o povo vai escolher novamente o mesmo grupo de políticos para nos representar durante mais 4 anos? Acho esta situação de uma incoerência tão grande que eu nem tinha ideia ser possível.

Não é o meu objectivo orientar ou opinar sobre em quem votar, longe disso, não quero estar a sugerir um caminho mais à direita ou mais à esquerda porque como é óbvio cada pessoa tem as suas ideologias e as suas orientações políticas. Apenas acho incrível que depois de tudo, os números lançados nas sondagens sejam estes. Sinceramente, também não sou um grande adepto do número do outro grande partido mas a verdade é esta, o senhor do nariz grande é que não.

Está prestes a chegar o dia da decisão para eleger o Primeiro Ministro português e, independentemente das vossas cores, votem, escolhendo desta forma a pessoa mais merecedora e mais capaz de ajudar o nosso país a sair desta situação tal grave.

sábado, 21 de maio de 2011

E nós pimba!

Eu, como vocês sabem, sou um enorme apreciador de Música, a ciência dos sons. Existem variadíssimos géneros musicais, desde o rock, pop, blues até à nossa bem conhecida, música pimba. E é sobre isto que eu vos venho falar, dos sucessos da música popular portuguesa.

Os cantores deste género musical tão singular seguem um protótipo muito bem estabelecido (aqui), do qual se destaca a sua ligação enorme ao povo emigrante, o crucifixo e as cores berrantes abundam nas cores. Em Portugal há vários cantores, na minha singela opinião apenas tentativas, que se destacam neste género musical, onde se destaca o Emanuel, Quim Barreiros, Toy, Ágata, Leandro, o grande Tony Carreira e o seu descendente, Mickael Carreira. Muitas pessoas podem dizer que a música do Tony não é pimba, mas sim música romântica. Mas caros amigos, pimba não é um verdadeiro género musical, para mim resume-se simplesmente a lixo, canções que tenham letras sobre amor, onde o conteúdo obsceno predomina, e que de arte se resumem a nada, ou seja a música dele não passa de pimba.

Um destes dias, passei por um concerto deste senhor e fiquei fascinado porque aquilo parecia tudo menos um espectáculo musical. Eu estava atrás do palco e ao olhar para a plateia duas situações me vieram à cabeça, ou isto é um jogo de futebol, existia cachecóis e pessoas com t-shirts vestidas como se fossem o equipamento da equipa que apoiam, ou isto é um desfile de modelos masculinos em trajes menores, isto porque esta audiência se resumia a grupos de mulheres que gritavam a todo o momento, onde se destacavam duas frases, “Faz-me um filho!” e “És o meu anti-depressivo!”, quanto aos espectadores masculinos, acho que apenas se dirigem a estes concertos para conhecer mulheres malucas, que se torna mais simples pelo facto de estarem ao som de uma música tão romântica.

Juro-vos que não consigo perceber o sucesso do Tony Carreira, uma pessoa que canta mal, que até no aspecto físico não se destaca e que musicalmente, até acho indecente chamar àquilo música, palavra da qual gosto tanto.

Dentro deste género musical é também comum, para não dizer obrigatório, ter bailarinas desnudas, já que no campo musical nada vale a pena, mais vale por umas mulheres quase nuas a abanar-se para conseguir captar a atenção dos ouvintes que neste caso passam a ser unicamente espectadores. Mas até nisto a qualidade não prima porque até as mulheres se vestem como se fossem as meretrizes de rua.

Talvez prefira ver estes espectáculos musicais apenas como um jogo de futebol porque ao menos aí não vemos tantas figuras tristes e não danificamos uma ciência tão linda como a música.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Limpar Portugal!



A política e o humor sempre tiveram uma relação muito íntima, tão íntima que por vezes se confundem. Actualmente, há várias pessoas ou grupos de humoristas que se conseguem destacar, tendo bastante relevância na nossa política porque, segundo consta, são a voz do povo e, como é óbvio, dizem aquilo que o povo gosta, satirizar a situação política do nosso país.

José Manuel Coelho, o conhecido Tiririca da Madeira, protagonizou mais um momento único, aparecendo no telejornal da uma de sexta-feira com um lindo adereço, uma grande vassoura de rua. Eu sei que momentos como estes vindos de Coelho já não são grande notícia mas este senhor cada vez mais consegue inovar, satirizando a situação actual e, como é óbvio, protagonizar momentos imperdíveis.

Este senhor participou nas eleições presidenciais, e desde então não parou de se apresentar ás televisões defendendo os seus ideais, criticar a actual classe política. Nesta mais recente aparição, José Manuel Coelho necessitou da vassoura para transmitir o que ia fazer se fosse eleito deputado da assembleia da república, varrer todos os políticos corruptos. Durante a entrevista foi-lhe feita uma questão extremamente interessante perguntando-lhe quais na sua opinião era os políticos corruptos, e a resposta não tardou em surgir, os deputados do PS, PSD e CDS. Acho curiosa esta resposta porque assim podemos retirar uma enorme conclusão, temos todos que votar no Bloco de Esquerda ou na CDU nas próximas eleições porque, segundo o Tiririca da Madeira, os políticos corruptos estão nos outros partidos, o BE e a CDU são imaculados em relação a isso.

Caros amigos, uma coisa é certa, existe gente corrupta em todo o lado, infelizmente isso não é coisa que falte. O problema é que toda a gente os critica mas chega a hora de votar e eleger os partidos e os políticos que os desejam representar e por estranho que possa parecer, colocam sempre os mesmos, aqueles que depois vêm para a rua criticar.

Eu sei que este senhor, por vezes, diz coisas acertadas e que muitas pessoas queriam dizer e só não o fazem porque não é muito correcto criticar o poder vigente, mas não acham que ele perde toda a credibilidade ao andar pela praça pública a fazer figuras menos ortodoxas? Na minha simples opinião sim mas também percebo que o que José Manuel Coelho quer é transmitir a ideia e melhor forma disso é exagerando, e sinceramente, ele nisso é do melhor.

Para terminar, gostava de fazer uma pergunta, se José Manuel Coelho fosse eleito deputado o que iria fazer para a Assembleia da República? Cantar a Grândola Vila Morena tal como um deputado da Assembleia Regional da Madeira o fez?

sábado, 14 de maio de 2011

Perdidos de Cultura

A televisão portuguesa sempre primou pela qualidade e trabalhou com o objectivo de transmitir aos seus espectadores uma cultura impressionante, exemplo disso é o mais recente programa transmitido pela TVI, “Perdidos na Tribo”.

A TVI tem-nos habituado a um tipo de programas televisivos muito interessante a nível cultural, os reality shows. Era expectável que este tipo de programa viesse a ser transmitido porque a televisão portuguesa já não era a mesma sem estes, mesmo tendo em conta o número de programas deste género transmitidos em tão pouco tempo, esta seria uma suposição fácil, as únicas dúvidas estariam em saber o que farão desta vez e com quem. Já houve vários reality shows em Portugal, desde “Os Acorrentados”, “Master Plan” (estes dois primeiros transmitidos pela Sic), “Big Brother”, “Quinta das Celebridades”, “Primeira Companhia”, “A Bela e o Mestre, mais recentemente “A Casa dos Segredos”, e agora “Perdidos na Tribo”, e estes programas conseguiram sempre ter um grande destaque na sociedade, obtendo grande visibilidade e, por inerência, as tão desejadas audiências.

Já muitíssimas pessoas passaram por este tipo de programas, desde celebridades, pessoas desconhecidas até pessoas desconhecidas que passaram a ser famosas (grande motivo de orgulho), no entanto há uma pessoa que se destacou de todas estas no número de presenças, o/a José Castelo Branco. Como não poderia deixar de ser, esta personagem integra o grupo de participantes do “Perdidos na Tribo”. É óbvio que este é um grande motivo de atracção para as audiências mas para além disso, a necessidade destas era tão grande que logo no primeiro episódio e até nas publicidades, uma das participantes aparece em trajes menores(grande motivo de espanto).

Não percebo duas coisas com estes reality shows. Primeiro não percebo a razão pela qual as pessoas se candidatam a estes, eu sei que estas querem ser conhecidas e ser faladas mas, tal como disse num post anterior, será este um motivo de orgulho para ser famoso? Valerá a pena toda esta exposição pública? Como já devem ter percebido, na minha opinião não. E a segunda coisa que não percebo é a razão pela qual as pessoas ainda dão audiências a este tipo de programas? Eu sei que há pessoas que gostam de saber o que as pessoas fazem e o que pensam sobre as outras, resumidamente querem saber a vida das outras.

É triste pensar que a cultura nos programas televisivos não funciona (linguagem televisiva), não dá audiências (traduzido para linguagem corrente), mas o problema é que assim não cultivamos o nosso povo, sim porque uma dessas formas é através da comunicação social, está na altura da cultura fazer parte dos programas portugueses.

Só para terminar e para reatar a relação com alguns de vós, acho que a minha vizinha se vai divorciar porque o marido dela anda a traí-la.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Mega Sondagem do Bazar

Caros clientes,

A partir do dia 13 de Maio até ao dia 22 de Maio realizar-se-á uma sondagem a todos vós para que possamos ficar com uma ideia sobre quem vencerá as próximas eleições no dia 5 de Junho. Esta sondagem não se restringe qualquer tipo de faixas etárias, para mais informações dirigam-se ao funcionário presente. Participe!

Saudações

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Charters da China para ler este post

Caros amigos, venho por este meio informar-vos que um dos meus filhos, uma das maiores promessas do futebol chinês, foi contactado pelo Sporting Clube de Portugal para ser a nova contratação para a próxima época. Eu sei que este assunto tem sido bastante falado em Portugal devido ao maravilhoso discurso do Paulo Futre, mas o facto é que toda esta especulação concretizou-se e a contratação do emu filho está prestes a ser oficial.

Acho mesmo engraçado o facto de verem a contratação de um jogador meramente para o aspecto financeiro, para aumentar a sua visibilidade internacional, para aumentar o seu merchandising, para gerar maiores receitas. Eu não estou contra esta visão para o negócio mas sinceramente, estão a querer usar um jogador apenas e só para conseguirem um maior destaque no público asiático, porque duvido que olhem para este jogador como um investimento desportivo.

Mas depois de tudo isto, apercebemo-nos de mais uma situação em que, por estar nas bocas do Mundo, as pessoas se aproveitam para se divulgar e conseguir destaque por qualquer coisa que faça. Neste caso, Paulo Futre, mesmo antes do tão famoso discurso que o lançou para a ribalta, o antigo jogador já preparava o seu livro biográfico, que posteriormente à dissertação, foi acelerado o processo de escrita para ser lançado o mais cedo possível porque convém aproveitar a onda para conseguir o maior rendimento possível. Actualmente, vemos publicidades por todo o lado com a careta deste senhor, vemos humoristas a aproveitar a situação (o típico humorismo fácil), vemos os canais televisivos a fazerem entrevistas à nova vedeta, sinceramente, a tudo isto chamo o protagonismo fraco, aquele que tanto se está no topo como daqui a um mês já ninguém se lembra desta pessoa.

Enfim, talvez o senhor Futre e todas essas pessoas que lutam por um caminho do género do que ele teve, não pela carreira futebolística mas sim pelo que sucedeu nestes tempos, necessitassem de uma inteligência um pouco maior porque é impressionante o que estas fazem para conseguir o destaque que tanto desejam, independentemente das figuras que façam, a única condição é ter fama pois o dinheiro está aliado a esta.

Para terminar, gostava de transmitir a situação do blog porque "oh sócio, sócio, estou concentradíssimo" a tentar melhorar a qualidade e a quantidade dos produtos do establecimento mas não tem havido a repercussão desejada, por isso, talvez necessite de uma restruturação no staff, possivelmente um vendedor "+ 1 "relações públicas, ou se calhar, a melhor solução será mesmo vir a público fazer figuras ridículas e, posteriormente, aproveito a situação e publicito o meu bazar.



sábado, 7 de maio de 2011

E a realidade pá?

Quando, para surpresa de muita gente, os Homens da Luta ganharam o Festival da Canção 2011, obtiveram de imediato um protagonismo incrível. Mas o que muitos desconhecem é que estes haviam-se candidatado ao mesmo Festival da Canção no ano anterior, no entanto por a falta de cumprimento das regras do festival português, nem do internacional, foram desqualificados.

Estes senhores, que interpretam dois jovens revolucionários, a partir do momento que deram alguma cor e humor ao Festival da RTP, ganharam uma série de apoiantes e de fãs. Neste momento estes dois “camaradas” não param de aparecer na televisão, lançam músicas a criticar tudo e todos, propulsionam a grande manifestação da “Geração à Rasca”, resumindo, estão a aproveitar o facto de estar na crista da onda para se divulgar.

Jel e o seu irmão, os constituintes dos Homens da Luta, são dois actores que já há muito tempo que fazem trabalhos para a sic radical mas nunca tais personagens tinham tido tão grande destaque. O curioso disto é que o povo e até os políticos lhes estão a dar grande protagonismo, mesmo que o Neto e o Falâncio não passem de meros personagens. Uma coisa é certa, são dos poucos humoristas que não têm papas na língua e dizem aquilo que sentem e não aquilo que é politicamente correcto.

Situação caricata vai ser também a presença destes camaradas na Alemanha, porque, na verdade, vamos estar a ser representados por um grupo de revolucionários num dos países que vai estar a ajudar o nosso país a sair desta situação ruinosa.

O que é certo é que até um afamado jornal britânico “The Guardian” fez publicidade aos Homens da Luta, convidando os seus leitores a votarem nestes nossos representantes.

Em suma, pode ser que as figuras que estes rapazes cá fizeram possam ter a mesma repercussão e possamos, desta vez, ter um resultado razoável na Eurovisão.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Acho que ficas melhor fora daí!

video


“Será que fica melhor assim ou assim?” Quantas vezes já nos perguntamos sobre isto? Certamente que já foram algumas mas, quantas vezes é que já vos perguntaram, “Fico melhor assim ou assim?”, muito provavelmente que esse número será bastante menor mas não há regra sem excepção, e qual é ela? O ajudante do nosso Primeiro Ministro, o Luís. Aqui há tempos, num dia muito pouco importante para a situação do nosso país, o dia em que se tornou oficial o pedido de ajuda externa para a nossa economia, o senhor José Sócrates consegui protagonizar um grande momento pois foi apanhado a preparar-se para o seu discurso.

Qual será o nome da profissão deste Luís? Director de imagem? Chefe de Comunicação? Por acaso não faço a mínima ideia a necessidade deste funcionário mas eu sou a favor do emprego, não quero mais desempregados, já chega.

É engraçado reparar na cara angelical do ainda nosso primeiro ministro, parece que vai contar-nos uma simples história para adormecer, na verdade a mensagem que ele vai transmitir não interessa para nada, interessa sim ficar bem na fotografia. O engenheiro tem um grande mérito para um político, consegue discursar até nas situações mais complicadas, que é o caso, parecendo que vai contar uma boa notícia. Mais um exemplo disto foi a sua última declaração, no intervalo do jogo Barcelona – Real Madrid (grande timing), onde aquando da apresentação do plano de ajuda externa, porque afinal de contas parece que a necessidade do apoio da troika até foi boa, pois é bem melhor do que o que estávamos à espera. A tudo isto chama-se poder de persuasão e um grande poder oratório. O facto é que este tipo de discurso funciona para quem o está a ouvir.

Pelos vistos, na situação em que estamos não é assim tão importante o que estamos a dizer mas sim se a imagem que é transmitida é a melhor ou a pior. Talvez a função do Luís não seja assim tão desnecessária porque pelos vistos a popularidade e boa imagem de José Sócrates continua em alta.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Justin Bieber, O Sedutor!

Com a era da Internet, a divulgação de qualquer tipo de material tornou-se muito mais simples e devido a isso vários artistas foram “descobertos” do anonimato, uma dessas situações é a do Justin Bieber, a nova estrela americana da música pop. Este jovem cantor tem feito um sucesso enorme, sobretudo junto das adolescentes, chegando ao ponto de já ter sido indicado para melhor artista pop do ano e batendo uma série de records ao nível de vendas de albuns.

Acho curioso como é que um miúdo, sim porque apenas tem 17 anos, tem tido um destaque enorme sendo que não canta nada, que tem músicas irritantes mas tem uma coisa que o distingue de todos os outros intérpretes, tem muito estilo sobretudo no cabelo tal como podem comprovar na foto. A loucura à volta deste jovem cantor tem tomado proporções enormes, chegando ao ponto de terem sido feitas ameaças de morte à vencedora do prémio de revelação do ano, prémio para o qual Bieber estava nomeado, pois achavam que o cantor americano é que merecia receber tal distinção.

O engraçado deste pequeno cantor, não só em altura, é que apesar da sua carreira ser ainda curta já possuí um repertório enorme de situações caricatas. Depois de alguns vídeos que vi, posso concluir que Bieber é uma pessoa com alguns problemas de visão, uma pessoa muito culta e que apesar de ser adorado por muitos, melhor dizendo, muitas, tem muitas pessoas que não o apreciam de modo algum. Passo a explicar, Justin durante os seus maravilhosos concertos, recebeu alguns carinho por parte dos “fãs”, carinhos esses que se materializam em ovos e numa garrafa de água. Uma coisa é certa, ele destaca-se pelo número de fãs mas também pelo número de pessoas contra a sua música e pelo que faz, tal como podemos ver anteriormente.

Nesta altura, a música não vive da arte mas sim daquilo que se chama show off, a aparência, o estilo, é pena que a música de qualidade não chegue aos meios de comunicação social para que esta sim, seja divulgada.

domingo, 1 de maio de 2011

E que engenheiros são estes?

Caros amigos leitores, ontem o meu filho mais velho foi a exame de condução e descobri uma situação relacionada com o exame que me intrigou completamente. Pelo que me constou é um hábito português subornar os examinadores, um simples favor para os seus filhinhos. Acho impressionante que num país que se queixa de estar corrompido, onde todos os políticos são subornados, onde até no desporto tudo está comprado, chega à hora de o filho fazer o exame de condução e qual é a sua atitude? Fácil, dou-lhe um “bocado” de dinheiro, que na verdade é mesmo muito, e como é óbvio, o meu filho está autorizado a conduzir. A verdade é que essa”compensação” ofertada ao examinador é mesmo grande, segundo me consta esta varia mas aproxima-se do valor de nova candidatura a exame, ou seja, grande parte do “salário” deste é feito por gorjetas dadas pelos examinandos.

No dia do exame, eu estava mesmo confiante que o meu filho passasse mas as condições começaram a ser adversas. Inicialmente, ele apercebeu-se que a colega que ia fazer o exame com ele, ia subornar o examinador, o que é desfavorável a quem não paga nada, e para ser pior, o sistema de avaliação na prova é ridículo pois não avalia de forma alguma a qualidade da tua condução mas sim se não passas nenhum sinal de stop sem parar completamente o veículo. Para além disto, os examinadores são apelidados de engenheiros, mas esta situação é ridícula, eles não o são, são sim meros examinadores meus caros, isto é um insulto para a classe dos engenheiros mas claro, é sempre engraçado quando se tem o poder de reprovar alguém, a simpatia é sempre diferente.

Sinceramente, depois de tudo isto, sinto que preferia que o meu filho reprovasse do que ser aprovado apenas e só por esta falta de integridade moral. Resumindo, o meu filho passou sem necessitar deste tipo de favores e agora está todo feliz. Estamos num país vergonhoso com uma sociedade vergonhosa.