sábado, 20 de março de 2010

A assembleia virou novamente circo

Há muito que todos nós sabemos que a Assembleia da República portuguesa nos proporciona momentos hilariantes, momentos esses que são sobejamente conhecido, desde os corninhos do Manuel Pinho até à frase do deputado Pita Ameixa,"eu sei que dói senhor deputado, mas ponha manteiga!" Por variadíssimas vezes este local deixa de ser um sítio para traçar o rumo de Portugal para se tornar um autêntico Circo! Sexta-feira não foi excepção e desta vez temos dois protagonistas, o senhor João Torcado, secretário de estado da educação, e o deputado José Lello. Este é o vídeo que vos mostra o famoso episódio.
video
Depois de verem esta maravilhosa cena quero que observem a forma displicente com que o secretário de estado se dirige à plateia como quem "caros badamecos que estão a fazer de conta que estão a trabalhar" e depois reparem que este senhor não sabe o que fazer às mãos e já para não falar do senhor que está ao lado do secretário de estado a dizer-lhe a forma de como se tem de dirigir, quase que como um ponto no teatro. Podem dizer que são burocracias mas para mim é boa educação e respeito, e este senhor para secretário de estado da educação não tem educação nenhuma, é um formalismo que representa respeito, coisa que não consta no perfil deste senhor.
Quanto ao segundo caso é de referir que este deputado tem toda a razão e mais alguma. Querem ver que ele agora já não pode estar no MSN a "meter" treta com as miúdas e a actualizar o seu perfil no Facebook? Este país é uma vergonha, agora nem isso podem fazer? Já não podem usar o computador livremente sem que haja fotógrafos a vê-los? Caro José Lello, o senhor quer ver o quê? O computador é para trabalhar e não para andar a ver conteúdos ilícitos.
Para finalizar quero transmitir todo o meu apoio a estes dois indivíduos e no caso do senhor José Lello queria dizer-lhe uma coisa, cuidado ao fechar o ecrã do computador pois pode ocorrer algum imprevisto, é que esses computadores são do estado!

Sem comentários:

Enviar um comentário